quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

MUNICÍPIO DE JUÍNA AVANÇA NAS AÇÕES DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL 


As fortes chuvas que atingiram o município de Juína na madrugada do dia 04 de fevereiro danificaram cerca de 20 pontes na área rural, sendo que três foram completamente destruídas. Juína está a 737 km da capital, Cuiabá, e possui 4.200 km de estradas na área rural e diversas localidades foram afetadas. Estima-se que mais de 1.500 pessoas estão em áreas isoladas. Prejuízo também para o escoamento do leite e da lavoura produzidos na região. 


Para assessorar o município na decretação de situação de emergência, uma equipe da Defesa Civil Estadual se reuniu na manhã desta quinta-feira, dia 11 de fevereiro, com os Secretários Municipais e assessores das áreas jurídica, contábil e de convênios da Prefeitura. Durante a reunião, o major BM Washington Duarte, coordenador de resposta e reconstrução da Defesa Civil Estadual, apresentou o Sistema de Defesa Civil e falou da necessidade da criação da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil e do levantamento de prejuízos causados pela chuva no município. Segundo o major Washington, Juína tem 10 dias para decretar situação de emergência contando da data do evento que ocasionou o desastre. “Temos até o dia 13 para encaminhar o processo para o reconhecimento federal. É o primeiro passo para garantir os benefícios legais, como dispensa de licitação para atendimento da situação emergencial, por exemplo, ou mesmo para solicitar recursos federais que possibilitem a reconstrução de obras danificadas pelas enchentes”, explicou o major.



A assessoria oferecida pela Defesa Civil Estadual possibilitou o acesso do município ao Sistema Integrado de Informações sobre Desastres – S2ID, administrado pelo Ministério da Integração Nacional. Com o acesso ao S2ID, o responsável municipal pelas ações de Defesa Civil vai  enviar os documentos para registro e reconhecimento de desastres, solicitar recursos federais e realizar a prestação de contas dos recursos disponibilizados.

Nesse primeiro dia de trabalho conjunto, a Prefeitura também já fez a solicitação do Cartão de Pagamento de Defesa Civil junto ao Banco do Brasil. O cartão é um meio de repasse imediato de recursos para resposta ao desastre. Outro avanço será o encaminhamento da criação da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil para aprovação do legislativo.


Para o sargento BM Wagner Soares, um dos representantes da Defesa Civil que está auxiliando na ação, os avanços e encaminhamentos vão garantir que o município de Juína esteja mais preparado para resistir, absorver e se recuperar dos efeitos de um desastre ou acidente que possa ocorrer, e não apenas neste evento específico. “Isso é resiliência”, finalizou o sargento Wagner.

Texto: Cida Rodrigues - Defesa Civil Estadual

Nenhum comentário:

Postar um comentário