terça-feira, 26 de abril de 2016

POLÍCIA CIVIL SE JUNTARÁ  À AÇÃO INTEGRADA CONTRA O AEDES AEGYPTI

Nessa segunda-feira, 25, teve início a capacitação dos alunos do Curso de Formação de Investigador da Polícia Civil sobre Noções Básicas para Ações de Prevenção e Controle do mosquito Aedes aegypti. Dividida em turmas de 150 alunos por dia, a capacitação seguirá até o dia 29, sexta-feira, na Academia da Polícia Judiciária Civil (Acadepol), das 18h às 21h. Após a capacitação, os novos investigadores da polícia civil se juntarão às demais instituições públicas estaduais na próxima ação integrada contra o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, que acontecerá dia 30, sábado. 
A capacitação foi promovida pela Defesa Civil Estadual e ministrada pelo técnico da Secretaria de Estado de Saúde, Oscar Luiz da Silva Neto


A ação integrada reúne esforços da Secretaria de Segurança Pública, por meio da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar e agora também da Polícia Civil, da Secretaria Estadual de Saúde e da Defesa Civil Estadual. Pela terceira vez neste ano, essas instituições estaduais irão percorrer ruas e casas da Grande Cuiabá para levar orientações sobre os criadouros preferenciais e as formas de combater o mosquito. Dessa vez, a ação acontecerá na região do Coophema, em Cuiabá, e  percorrerá os bairros Coophema, Jardim Gramado, Jardim Aquarius, São Gonçalo Beira Rio, Parque Geórgia, Vista Alegre e Nossa Senhora Aparecida.

A primeira ação integrada contra o mosquito Aedes aegypti foi realizada no dia 19 de fevereiro, nos bairro CPA I e CPA II, em Cuiabá, e teve 2.859 casas visitadas. Na segunda ação integrada, que aconteceu no dia 03 de abril, as instituições estaduais visitaram 3.213 residências em bairros da região do Grande Cristo Rei, em Várzea Grande.

Cerca de 450 pessoas, dentre alunos dos cursos de formação da PM, dos Bombeiros, e da Polícia Civil, agentes e voluntários da Defesa Civil e técnicos da Secretaria de Estado da Saúde, participarão da ação integrada do próximo sábado. O ponto de encontro será às 7h, na praça do Parque Estadual Zé Bolo Flô, ao lado da Escola de Saúde Pública, no bairro Coophema. A partir das 8h, os integrantes serão divididos em equipes e começarão a visitar casa por casa  para identificar focos de risco e conscientizar sobre a importância do combate contínuo aos criadouros. 


Fonte: Cida Rodrigues | Publicidade Defesa Civil Estadual

Nenhum comentário:

Postar um comentário