quinta-feira, 25 de agosto de 2016

SECID MAPEIA ÁREAS DE RISCO COM VEÍCULO AÉREO NÃO TRIPULADO

Larissa Malheiros | Secid-MT 



A Secretaria de Estado de Cidades (Secid-MT), por meio da Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa Civil, realiza o mapeamento de áreas de risco em Mato Grosso com veículo aéreo não tripulado. Quatro municípios foram inicialmente escolhidos. A ação faz parte do Acordo de Resultados firmado pela Defesa Civil para o ano de 2016. O critério de seleção dos municípios foi a proporção de desastres naturais (enchentes e estiagem) ocorridos nos anos de 2015/2016.

Os municípios selecionados foram Porto Espiridião, Vila Bela da Santíssima Trindade e Pontes e Lacerda, em função das enchentes, e Juara por causa de uma forte enxurrada.

A partir deste estudo, é possível elaborar uma carta com indicações por meio de cores das áreas de risco. Com isso, elabora-se um plano de contingência para cada risco, como explica o coordenador de Mapeamento de Áreas de Risco da Defesa Civil, Sargento BM José Bruno.

“Auxiliamos os municípios no processo de construção do plano de contingência. E também na instalação de plataforma de coleta de dados para monitoramento climático. Assim podemos antecipar os alertas e prevenir”, destaca.

Além destes municípios, a Defesa Civil também irá mapear outros até o final do ano, com o objetivo de realizar a atualização de dados já existentes no banco de dados.

Fotogrametria

É a técnica que permite o mapeamento de grandes áreas a partir de fotografias aéreas verticais. O robô voador é teleguiado por meio do sistema GPS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário