segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Campanha nacional de combate ao Aedes aegypti é lançada em Cuiabá

Ana Maria Ferreira e Ana Sampaio | SES e Secid-MT 


Foi lançada nesta sexta-feira (02.12) a campanha nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti, em evento na Escola Municipal Professora Elza Luiza Esteves, no bairro Canjica em Cuiabá. A data também marca o “dia D” de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e febre chikungunya.

O lançamento contou com a participação do ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Torquato e Jardim, do secretário de Estado de Saúde, João Batista Pereira e do prefeito da capital, Mauro Mendes. O ministro também entregou as chaves de quatro veículos para atuar no combate ao mosquito nos municípios de Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Várzea Grande. 

No dia D, ações integradas de combate ao Aedes aegypti são realizadas em todo o país. Em Cuiabá, os trabalhos são realizados por militares das Forças Armadas, agentes de Saúde, Defesa Civil, e voluntários que conscientizam a população sobre a importância de combater o mosquito. 

Durante o lançamento, o ministro Torquato Jardim chamou a população para intensificar a vigilância dos possíveis criadouros do mosquito transmissor, visto que Mato Grosso registrou de janeiro a novembro de 2017 27 mil de casos de dengue, 24.512 de zika vírus e 1.427 de chikungunya. “Todos precisam estar bem mais atentos. O combate ao mosquito não é uma ação só do Governo, é responsabilidade de todos nós”, enfatizou.

Visita a residências
Foto: Edson Mauro Veiga / Defesa Civil Estadual
No período da tarde, cerca de 200 militares do Exército, 45 agentes e voluntários da Defesa Civil e 30 agentes de controle de endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá visitaram casas no bairro Três Barras.

De acordo com o secretário adjunto de Proteção e Defesa Civil da Secretaria de Estado das Cidades, Ten. Cel. BM Abadio Cunha, os trabalhos foram de orientação e de inspeção às residências. “Vamos ensinar a população a identificar os possíveis criadouros e também orientá-los a fazer a eliminação desses focos, para que o município se torne resiliente e capaz de combater o mosquito Aedes aegypti”, explicou.

Conciele Pedroso é voluntária da Defesa Civil há quase dois anos e já participou de várias ações de combate ao vetor da dengue na Capital e no interior de Mato Grosso. Para ela é gratificante ajudar na conscientização popular e colaborar com a saúde da sociedade. “É muito gratificante. Ser voluntária é amor. Durante as ações ouvimos inúmeros relatos de pessoas que já sofreram com a dengue e a zika. Isso é o que me deixa mais motivada em ajudar a combater o mosquito. Fomos bem recebidos por moradores do Três Barras, que prestaram muita atenção nas nossas orientações e recomendações”, contou.
Foto: Edson Mauro Veiga / Defesa Civil Estadual

Durante a visita a residências, a moradora Regiane Gomes disse que tem medo das doenças que o mosquito transmite. Ela vê como positiva ação dos voluntários e agradece. “Muito obrigada por virem na minha casa, nos meus vizinhos. Já tenho muito cuidado e vou procurar ter mais ainda para que minha família não seja mais uma vítima dessas doenças”, diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário