quarta-feira, 26 de abril de 2017

VOLUNTÁRIOS DEDICAM TEMPO AO PRÓXIMO E VIVEM NOVAS EXPERIÊNCIAS

Evelyn Ribeiro | Gcom-MT 

Foto:  Chico Valdiner - GCom/MT
Sair do conforto de casa, dedicar tempo ao próximo e se propor a fazer algo não somente pelas pessoas, mas por toda uma cidade. Esse desafio foi aceito e trará novas experiências, explicou Naira Maranhão, voluntária da 6ª edição da Caravana da Transformação, no município de Porto Alegre do Norte. 

Mesmo tímida, a jovem engenheira de 26 anos é espontânea e se mostrou empolgada para exercer o trabalho voluntário pela primeira vez. Naira iniciou as atividades nesta terça-feira (25), atuando na identificação e coleta de dados dos pacientes agendados para as consultas e exames oftalmológicos no Complexo Esportivo Gezil Araújo.

“Eu quis ser voluntária, porque é uma forma da gente se doar ao próximo, se testar como cidadão. Às vezes cobramos muito do poder público e não nos disponibilizamos para ajudar o próximo. Este foi um dos motivos para me candidatar”, explicou.  

Ao todo serão 10 dias de trabalho e ela não medirá esforços para que a população seja recepcionada da melhor forma possível. “Do mesmo jeito que lido com uma pessoa mais jovem, quero lidar com os de mais idade, tratando os com leveza e alegria. Na verdade, vamos tentar transmitir aos pacientes o cuidado e carinho que temos com as pessoas da nossa família”, disse. 

Para esta jornada, a voluntária não está sozinha. Gustavo Gonçalves Oliveira de 16 anos fez questão de participar do projeto. Ele mora e estuda em Confresa, localizada a 20 quilômetros de Porto Alegre do Norte.  “Confesso que eu estava muito ansioso, nem tanto pelo curso, mas pela vontade que tinha de conhecer a caravana de perto e estou animado”, relatou o adolescente. 

Para participar da caravana, 324 voluntários foram treinados por uma equipe Secretaria de Estado das Cidades (Secid-MT), por meio da Defesa Civil, em parceria com o Núcleo de Ações Voluntárias (NAV). Eles receberam o certificado de aptidão em solenidade realizada na segunda-feira (24), Câmara Municipal de Vereadores. 

“Durante o curso apresentamos o que é a caravana e reforçamos as noções básicas de primeiros socorros e combate à incêndio. Neste período percebemos que esta é uma região muito carente, porém fomos acolhidos de forma calorosa e participativa por todos”, destacou o secretário adjunto de Proteção e Defesa Civil, tenente-coronel Abadio José da Cunha Júnior. Os atendimentos da Caravana da Transformação seguem até o dia 5 de maio com serviços de saúde e cidadania.  
Ten. Cel. Cunha, secretário Adjunto de Proteção e Defesa Civil (Foto: Chico Valdiner - Gcom/MT)