terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Cruz Vermelha Brasileira e Defesa Civil unidas contra a febre amarela






O presidente da Cruz Vermelha Brasileira, Julio Cals, recebeu nesta terça-feira, dia 30, a visita do Coronel Alexandre Pitaluga, responsável pela Devesa Civil da Região Serrana do Rio de Janeiro, que solicitou ajuda da instituição no combate à febre amarela.

Na ocasião, foram apresentadas as ações que a Cruz Vermelha Brasileira tem feito para a prevenção da doença, e o responsável pela Defesa Civil na Região Serrana conheceu a filial da instituição no Rio de Janeiro, que estatutariamente é a responsável pelos trabalhos operacionais.

Na oportunidade, o Coronel arrecadou, junto à filial, repelentes para distribuir na Região Serrana e, ainda, agendou ações da Cruz Vermelha Brasileira entre os municípios que vão de Cantagalo a Nova Friburgo. Os trabalhos iniciarão já no próximo domingo, dia 04 de Fevereiro de 2018.

Reconhecida como a principal instituição de ajuda humanitária no mundo, a Cruz Vermelha Brasileira intensificou o trabalho de combate à febre amarela em 2017. Este ano, ações de prevenção têm sido realizadas com o objetivo de levar conhecimento à população sobre a doença.

No último sábado, dia 27, a Cruz Vermelha Brasileira vacinou no ‘Dia D’ contra a febre amarela 1.554 pessoas. No entanto, a vacinação continua na sede da instituição, sempre de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. A previsão é de que até o encerramento da campanha, dia 09 de março, dez mil pessoas sejam imunizadas na Cruz Vermelha Brasileira contra a doença.



Fontes: Cruz Vermelha Brasileira 
Por: Fátima Freitas
Fotos: Leonardo Ali

Nenhum comentário:

Postar um comentário