Enchentes

COMO EVITAR
Não jogue lixo nas ruas, nos córregos, nas áreas verdes e nem nas margens de rios. 
O lixo (desde móvel velho, latas a até papel de bala) provoca entupimento de bueiros e ramais de drenagem, impedindo o escoamento da água.



É bom saber também: 
Os desmatamentos aumentam a erosão do solo e deixam os rios desprotegidos, causando maior risco de deslizamentos, enchentes e seca.



COMO AGIR 
EM ÁREA COM RISCO DE ALAGAMENTOS:


Primeiramente, não construa próximo a córregos, nem em cima ou embaixo de barrancos que possam deslizar.

Se o nível de água estiver subindo, vá com sua família para um lugar seguro;










Antes de sair, desligue aparelhos elétricos e o quadro geral de energia, feche o registro de água, feche bem as portas e janelas;


Só volte para casa quando as águas baixarem e apenas durante o dia;

Quando retornar para casa,  tome cuidado com aranhas, cobras e ratos, ao movimentar objetos, móveis e utensílios;

Jamais reaproveite a água da enchente e nem coma alimentos que tiveram contato com essas águas;

Se a sua residência foi destruída durante a enchente, não retorne a construir no mesmo lugar;

Avise a Defesa Civil ou o Corpo de Bombeiros se a chuva causou rachaduras em sua casa.


COMO AGIR 
NA RUA:


Evite sair quando ocorrerem chuvas fortes;

Se estiver na rua, evite andar em ruas alagadas;


Se já estiver numa área inundada, procure se proteger o máximo possível para evitar o contato com a água. Use calçados ou improvise, com sacos plásticos;

Não se aventure a enfrentar correntezas. Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;
Se a correnteza estiver muito forte, segure-se em cordas ou em outras pessoas;  

Mesmo que você saiba nadar bem, não se arrisque em travessias;

Evite cruzar pontes em que o nível do rio subiu;

Não se abrigue debaixo de árvores isoladas;

Não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos e trilhos;

Mantenha-se longe de fiação elétrica exposta;

Não tome água nem coma alimentos que estavam em contato com as águas da inundação.




COMO AGIR 
DENTRO DE CARRO:

Evite sair de casa quando ocorrerem chuvas fortes;

Se já estiver no trânsito, fique atento;

Aos primeiros sinais de alagamento procure áreas elevadas para estacionar e aguarde o nível da água baixar;

Ande devagar, aumente a distância do veículo da frente e não feche os cruzamentos;
Não pare o carro próximo a árvores ou postes;

Evite áreas alagadas. Se for inevitável atravessá-las, mantenha aceleração contínua.
Aguarde que o carro que esteja a sua frente transponha a área alagada para, em seguida, realizar a sua travessia;

Não fique próximo a caminhões ou ônibus. Veículos de grande porte provocam marolas que podem prejudicar o controle da direção ou inundar e apagar o motor;

Se o nível da água atingir o batente inferior da porta é hora de abandonar o veículo. Com água acima das rodas, o carro começa a boiar e fica sem controle. Se alcançar as janelas, ocorre o bloqueio das portas, impedindo a saída e dificultando o resgate.




Ilustrações: Defesa Civil Santa Catarina



ACESSE AQUI O ARQUIVO "COMO AGIR EM CASO DE ENCHENTES, ALAGAMENTOS E INUNDAÇÕES"

Nenhum comentário:

Postar um comentário